ENCONTRO DE NEGÓCIOS APROXIMA SETOR DE ALIMENTOS E BEBIDAS A FORNECEDORES DE EMBALAGENS  ENCONTRO DE NEGÓCIOS APROXIMA SETOR DE ALIMENTOS E BEBIDAS A FORNECEDORES DE EMBALAGENS – SINDAL-TR
UTF-8
Sistema FIRJAN

NOTÍCIAS

ENCONTRO DE NEGÓCIOS APROXIMA SETOR DE ALIMENTOS E BEBIDAS A FORNECEDORES DE EMBALAGENS



Fomentar os negócios das empresas do estado do Rio é uma das bandeiras do Sistema FIRJAN. Para incentivar a compra de insumos de fornecedores locais, a Federação organizou um encontro de negócios entre a indústria de alimentos e bebidas com empresas produtoras de embalagens, dos segmentos de papel e papelão, serviços gráficos e plástico. A demanda foi identificada por meio de reuniões setoriais.

A iniciativa possibilitou que 11 empresas âncoras de alimentos e bebidas conversassem com 32 fornecedores de embalagens. Vinicius Ribeiro, diretor comercial da Paperbox, destacou a iniciativa como importante ferramenta de fomento aos negócios, ajudando o estado a sair da crise pela qual passa atualmente: “Esse encontro ajuda a aproximar as empresas do Rio, que muitas vezes não sabem e não usufruem de todas as oportunidades que o estado pode oferecer”.

Já Marcelo Pacheco, diretor de Planejamento e Marketing da L’aqua – uma das âncoras do evento –, procurou parceiros para promover inovações que o ajudassem a reduzir custos. “Uma embalagem pode ser um dos diferenciais do produto, por isso é importante prospectar novos fornecedores. A geração de negócios acaba sendo consequência nesses eventos”, analisou.

Sérgio Duarte, vice-presidente da FIRJAN, ressaltou, na abertura do encontro, que a valorização da indústria local ajuda a desenvolver economicamente as regiões. “Priorizando a compra entre empresas fluminenses estamos ajudando a aumentar a arrecadação do estado e a gerar novos empregos”, afirmou.

O evento contou ainda com uma palestra sobre o panorama da indústria de alimentos e bebidas. Para Cleber Sabonaro, economista da Associação Brasileira das Indústrias de Alimentação (Abia), esse segmento, que gera 16,2% dos empregos no estado, tem grande potencial para crescer nos próximos anos, principalmente pela sua forte demanda.

“O estado do Rio possui renda per capita acima da média, controla 10% das vendas para supermercados no Brasil e é o segundo maior mercado consumidor do país. Além disso, é o principal ponto de conexão da identidade brasileira com o exterior, possui diversos polos de serviços gastronômicos, hoteleiros e de entretenimento e tem grande acesso à inovação”, informou Sabonaro.

O encontro intersetorial de negócios aconteceu em 22 de agosto, na sede da FIRJAN.

Compartilhe: