Instituições oferecerão apoio para microempresas  Instituições oferecerão apoio para microempresas – SINDAL-TR
UTF-8
Sistema FIRJAN

NOTÍCIAS

Instituições oferecerão apoio para microempresas



Os empreendedores do Estado do Rio poderão contar com um importante apoio institucional para crescer em 2018. A Agência Estadual de Fomento (AgeRio), o Sebrae-RJ, o Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal criaram uma iniciativa para prestar atendimento aos empreendedores, com orientação financeira, palestras e oferta de mais de R$ 2 bilhões em crédito. O projeto ‘Rio em Ação’ terá o primeiro evento previsto para 22 de fevereiro, na Firjan, com programação de palestras, orientação financeira e rodada de negócios.

A iniciativa pretende potencializar o apoio aos empreendedores e gerar um desenvolvimento socioeconômico. “Acreditando que a união de esforços tem o potencial de gerar impactos sociais positivos, as instituições conceberam uma agenda positiva com objetivo de ajudar os micro e pequenos empreendedores a se tornarem os protagonistas da economia do Rio, ajudando também na recuperação econômica do Rio. A ideia é que o apoio seja contínuo”, explica Helia Azevedo, presidente da AgeRio.

Para participar do primeiro evento, os interessados deverão se inscrever pelo site (veja na coluna ao lado). Além das atividades centrais, os micro e pequenos empreendedores contarão com reuniões paralelas. Eles poderão receber ajuda de profissionais da área, com explicação sobre ajuda financeira e auxílio de crédito. A ação irá percorrer diferentes localidades do Estado, promovendo eventos com linhas de crédito, orientação financeira, palestras e atendimentos individualizados.

CONVÊNIO COM MUNICÍPIOS

As prefeituras de Volta Redonda e Vassouras firmaram convênio para receber a iniciativa em seus municípios. As datas dos eventos serão divulgadas em breve. Além disso, o convênio também deve chegar a Petrópolis, Resende, São Pedro da Aldeia, Três Rios, Friburgo, Areal, Miguel Pereira, Barra Mansa e Angra dos Reis. “O momento é muito importante, pois as micro e pequenas empresas têm um papel fundamental na geração de empregos e renda. Sem dúvida, algo tão necessário para a retomada da economia do Rio de Janeiro”, afirma Luiz Claudio Batista, superintendente Estadual do Banco do Brasil no Rio.

Fonte: O Dia

Compartilhe: